Physical Address

304 North Cardinal St.
Dorchester Center, MA 02124

Agrotools e B3 democratizam inteligência de dados no agro

Em desenvolvimento e testes desde 2021, empresas gerenciam operações rurais a partir de tecnologia proprietária para mitigar riscos de imagem, socioambientais e produtivos

Por Redação

A Agrotools, maior ecossistema de soluções digitais para o agronegócio, e a B3, bolsa de valores brasileira e uma das empresas mais importantes do país, anunciam parceria inédita que visa facilitar, com tecnologia em larga escala para o uso de empresas de qualquer tamanho, o financiamento inteligente de operações no agronegócio para bancos, cooperativas de crédito, fundos de investimento e agroindústrias. As instituições já atuam em conjunto para democratizar a inteligência de dados no agro desde 2021, quando iniciaram a sua parceria. 

O lançamento do primeiro produto envolve a incorporação da plataforma da bigtech ao processo de registro de títulos do agronegócio como Cédulas de Produtor Rural (CPRs) e outros na B3. Com a maior base de dados do mundo no segmento, a tecnologia da Agrotools é capaz de analisar remotamente as propriedades e os devedores envolvidos nas atividades financeiras, avaliando e monitorando riscos fundiários, socioambientais, jurídicos, creditícios, climáticos e produtivos, além da identificação de oportunidades de negócios. Assim, a jornada das companhias que desejam obter crédito passa a ser mais dinâmica, acelerada e transparente. 

Segundo o fundador e CEO da Agrotools, Sergio Rocha, a novidade é um esforço da companhia de utilizar a evolução tecnológica para ajudar a desburocratizar financiamentos no agro. “Estamos acompanhando o movimento das bolsas de valores de expandirem seus negócios com a comercialização de inteligência de dados, visando impulsionar o crescimento dos clientes. No caso da B3, entendemos que a sua estrutura e know-how no mercado de capitais são fundamentais para acabar com as inseguranças do agronegócio, contribuindo com a nossa solução para proteger organizações contra riscos diversos e captação de novas oportunidades”, afirma.

Para a Vice-presidente de Novos Negócios da B3, Ana Carla Abrão Costa, a iniciativa reflete o compromisso da empresa em promover a inovação e otimização dos processos no setor. “A jornada com a Agrotools na construção de um produto de inteligência de dados para dores reais do agro, nos mostrou o quanto a tecnologia e as expertises de ambos podem ajudar o agronegócio, vamos unir forças para alcançar novos patamares de inovação e crescimento”, diz.

Como a inteligência de dados beneficia o campo

Com 50 bilhões em operações financeiras monitoradas, a plataforma da Agrotools atende aqueles que financiam o agronegócio independentemente do seu tamanho, região, linha de crédito ou origem do recurso, abrangendo todas as etapas do respectivo negócio. O processo envolve 5 fases: 

  • Prospecção: ajuda a companhia a compreender quem é o produtor e suas terras, priorizando esforços com ratings de prospecção ajustáveis;
  • Qualificação: a solução avalia, em segundos, dezenas de riscos socioambientais, jurídicos, fundiários, climáticos ou produtivos, identificando como esses fatores podem impactar a carteira de negócios ou prospects e gerar decisões informadas;
  • Limites e garantias: as valorações de propriedades rurais podem ser feitas remotamente, com rapidez e imparcialidade, o que traz uma redução drástica de custos de avaliação;
  • Concessão e monitoramento: o monitoramento contínuo, automatizado, integrado e proativo de riscos socioambientais, climáticos e produtivos antecipa qualquer imprevisto nas operações do campo;
  • Quitação e renovação: as análises ainda podem ser úteis às empresas para identificar oportunidades na renovação, assegurando que seus produtos financeiros continuem gerando valor a longo prazo;

Plano de expansão

A parceria da Agrotools com a B3 também deve ganhar novos contornos nos próximos anos. Lucas Tuffi, CSO da Agrotools, destaca que a meta das empresas é contribuir cada vez mais com a tendência de “desintermediação do mercado financeiro”, em que os tomadores de decisão podem conseguir recursos sem a dependência de intermediadores. 

“Queremos suprir qualquer dor dos clientes no que diz respeito à obtenção e gestão de crédito”, afirma o executivo. “A inteligência de dados soluciona essa demanda de forma direta e tem a capacidade de gerar mais oportunidades de inovação e rentabilidade no agro. Estamos alinhados com a B3 nessa visão e vamos continuar trabalhando para desenvolvê-la continuamente”, conclui o executivo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *