Physical Address

304 North Cardinal St.
Dorchester Center, MA 02124

FenSeg defende ao Ministério da Agricultura inserção do seguro rural no Plano Safra

Para presidente da comissão da FenSeg, o seguro rural é um forte aliado do agronegócio, além de ser indutor das melhores práticas, em sustentabilidade e governança

Por Redação

A possível inserção do seguro rural no Plano Safra foi colocada sobre a mesa, em uma reunião realizada esta semana entre a Comissão de Seguro Rural da FenSeg (Federação Nacional de Seguros Gerais) e integrantes do Ministério da Agricultura. O encontro aconteceu na sede do Sindseg-SP, nesta terça-feira (24), e discutiu também as demandas deste mercado e o atual cenário.

Na avaliação da FenSeg, o mercado de seguro rural tem atendido os agricultores que contratam essa proteção, porém, a área segurada no país vem caindo nos últimos anos. Em função disso, a FenSeg direcionou sugestões para facilitar a operacionalização do PSR (Programa de Subvenção ao Prêmio de Seguro Rural) e aumentar o atendimento deste programa aos agricultores. Atualmente, a proporção entre a área plantada e a segurada no Brasil é de 15%, índice baixo quando comparado com outros importantes produtores agrícolas, como Estados Unidos (cerca de 90%) e China (perto de 65%)

“Aguardamos a suplementação de recursos para atender a demanda da safra de grãos de verão. Sem essa suplementação, os agricultores não conseguirão garantir as perdas decorrentes dos eventos climáticos que o El Niño deve intensificar. Pelo seguro rural ser um indutor das melhores práticas, em sustentabilidade e governança, ele é um forte aliado do agronegócio e deveria ser inserido no Plano Safra”, explicou o presidente da comissão de seguro rural da FenSeg, Joaquim Cesar Neto.

Joaquim Neto, presidente da comissão de seguro rural da FenSeg

Também participaram do encontro, pelo Ministério, o diretor do Departamento de Gestão de Risco, Jonatas Pulquerio, e o coordenador geral de Risco Agropecuário, Hugo Borges Rodrigues, além de representantes de 15 seguradoras integrantes da comissão, incluindo o seu vice-presidente, Daniel Nascimento. Pela FenSeg, estava presente, ainda, a gerente Alexandra Vieira. 

One comment

  1. A redução da área plantada foi em consequência do ajuste das taxas do seguro feito pelas seguradoras, bem como do aumento da importância segurada ocorrido pela elevação preços dos insumos. Também contribuiu para isso o contingenciamento de R$ 130 milhões , feito pelo Governo Federal, dos recursos carimbados para subsidiar o Seguro Rural. Nesse momento é vital que haja a suplementação da verba de R$ 500 milhões, prometida pelo Governo, para socorrer as apólices já emitidas pelas seguradoras e atender os seguros que estão ainda por contratar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *